#GRITODEPAZ

Contexto

O ano de 2014 terminou como o mais violento para o futebol dentro e fora dos gramados. Torcedores violentos assumiram um lugar que costumava ser divertido e seguro. Precisávamos acabar com isso.

Ideia&Execução

Criamos um site que funcionava como uma abaixo assinado contra a violência nos estádios, mas as assinaturas não eram feitas com tinta de caneta, mas com ondas sonoras captadas pelos gritos das pessoas. Era só acessar o site, liberar o uso do microfone e gritar pela paz.

Resultado

O primeiro a gritar pela paz foi o Ministro do Esporte, George Hilton. Depois foram convidados líderes das maiores torcidas organizadas do Brasil, que também deixaram suas assinaturas sonoras. Ao todo, foram recolhidas milhares de assinaturas, o que gerou uma grande corrente pela paz nos estádios. Todas as assinaturas foram mandadas para o Ministério do Esporte, que passou a tomar medidas mais eficazes para garantir a segurança nos estádios.

O Site

Contagem regressiva para gritar

Assinatura sonora

Autoridades Públicas e Líderes de Torcida assinaram

       Gostou?


André Garcia | Diretor de Arte | 2016

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!